Vinícius Farah entrega novo Cartão Saúde para usuários do SUS

2016-11-cartao-unico-de-saude

Ontem (26), em Três Rios, o prefeito Vinícius Farah e equipe entregaram a alguns usuários do Sistema Único de Saúde o novo Cartão Saúde.

“Por meio desse novo programa é possível garantir uma organização e inovação no sistema de saúde, com a programação de ações e serviços. Para buscar o seu cartão basta ir até a Clínica da Família ou até o Posto de Saúde da Rua da Maçonaria, no Centro, levando comprovante de residência e documento de identidade.”, informou o prefeito.

Câmara de Vereadores de Três Rios aprova Plano Municipal de Cultura

plano-municipal-de-cultura-tres-rios-camara-municipaljpg

Aprovado por unanimidade pelos vereadores de Três Rios na última terça-feira (22), o Plano Municipal de Cultura é um trabalho da Secretaria de Cultura e Turismo e do Conselho Municipal de Cultura, que durante um ano, pesquisaram as diferentes expressões culturais da cidade e traçaram plano para apoiar as manifestações culturais.

Durante a elaboração do plano, foram realizadas reuniões em bairros, centro da cidade e no distrito de Bemposta. O plano é válido por 10 anos. “Espera-se que, ao final dos próximos dez anos, a cidade tenha avançado efetivamente na implementação de suas políticas e que Três Rios possa realmente ter a cultura somada aos pilares econômico, social e ambiental. Este é o resultado de um trabalho feito com muita atenção e carinho pelas pessoas envolvidas e um legado que nos dar orgulho”, explicou o secretário de Cultura e Turismo de Três Rios, João Marcos Gomes de Pinho.

“O objetivo é de fortalecer as políticas culturais, manter a integração, promover e valorizar a diversidade, qualificar ambientes e, entendemos que isso é muito importante para o desenvolvimento da nossa cidade. A cultura é uma forma de atrair visitantes, de movimentar a economia da nossa cidade, porque gira o nosso comércio”, explicou o presidente da Câmara de Vereadores de Três Rios, Joacir Barbaglio Pereira, Joa, logo após a aprovação.

Durante a mesma sessão, os vereadores aprovaram o projeto de lei que institui os procedimentos de tombamento para a proteção ao patrimônio cultural do município. A lei vai facilitar no controle e fiscalização necessários à preservação do patrimônio cultural e paisagístico da cidade.

O tombamento será realizado pelo Poder Executivo, com o tombamento provisório dos bens, e posteriormente com o definitivo, mediante inscrição no Livro do Tombo e publicação no Diário Oficial da cidade.

A fiscalização será responsabilidade do Conselho Municipal de Política Cultural, instituída também pelo chefe do Poder Executivo.

Extraído de Entre-Rios Jornal

Como se preparar para a maior Superlua em quase 70 anos

Especialistas dão dicas do que observar e qual o melhor local para acompanhar o fenômeno em 14 de novembro.

Daqui a alguns dias, a Lua estará mais perto de nós do que o comum. Na verdade, ela não se mostra tão atrevida há algumas décadas. Na próxima segunda-feira (14), será possível observar a maior Superlua em quase 70 anos.

Mas do que se trata o fenômeno? De acordo com a astrônoma britânica Heather Couper, as superluas são resultado de uma “casualidade”.

“A Lua gira ao redor de uma órbita elíptica, e se a Lua Cheia coincide com o ponto do trajeto onde está mais próximo da Terra, ela pode parecer absolutamente enorme”, afirma.

2016-11-super-lua-em-tres-rios-paraiba-do-sul-levy-gasparian

Essa coincidência ocorrerá novamente no dia 14 de novembro e o fenômeno deve ser extraordinário por causa da proximidade: nesta data a Lua se encontrará a 48,2 mil quilômetros mais próxima da Terra do que quando esteve recentemente no seu apogeu – que é o ponto mais distante da órbita. O satélite não chegava tão perto assim desde 1948 e não voltará a fazê-lo até 2034.

Com exceção do eclipse da Superlua de 2015, não houve nem haverá por muito tempo uma Lua Cheia tão especial – mesmo que curiosamente tenhamos tido três Superluas consecutivas em três meses – a anterior ocorreu em 16 de outubro e a última será no dia 14 de dezembro.

É possível se preparar para aproveitar melhor o fenômeno e ainda identificar algumas “surpresas”.

Qual é a melhor forma de ver uma Superlua?
A melhor maneira, claro, é para ir para um local aberto e tranquilo, longe das grandes cidades e da iluminação artificial muito forte e potente.

Como em qualquer outra Lua Cheia, o corpo celeste parece maior e mais brilhante quando aparece no horizonte. E o mesmo ocorre com as Superluas. Ainda que elas apareçam 14% maiores e 30% mais luminosas que as luas cheias comuns, são mais surpreendentes quando estão na linha do horizonte e não altas, no céu.

O especialista Geoff Chester, do Observatório Naval dos Estados Unidos (USNO, na sigla em inglês), explica que isso não é resultado de uma ilusão de ótica, mas de um efeito ótico que não é compreendido completamente nem astrônomos, nem por psicólogos.

Mesmo assim, ele acrescenta que Superluas parecem ainda maior quando vistas através das árvores ou de casas.

Alguns especialistas sugerem outra dica no mínimo curiosa para dissipar a ilusão: uma pessoa pode ficar de costas para a Lua, curvar-se e olhar para o céu entre as pernas.

Surpresas para descobrir
Na região da Lua que ficará visível no próximo dia 14 de novembro, há uma abundância de crateras causadas por impactos de meteoritos e atividade vulcânica de bilhões de anos atrás.

Os contrastes entre as áreas que refletem a luz do Sol (as montanhas) e as planícies que permanecem na sombra (os mares) pode ser convertido, com um pouco de imaginação, nas mais surpreendentes figuras.

No momento em que a Lua aparecer maior e mais brilhante, teremos uma excelente oportunidade para descobrir figuras ocultas e “desenhos” na superfície da geografia lunar.

Uma das silhuetas mais reconhecidas é a de um coelho com grandes orelhas. A imagem é tão fascinante que a civilização maia criou até uma lenda para explicar o que era um mistério até então. A lenda envolve o deus Quetzalcóatl, que, depois de um ato de generosidade de um coelho que lhe ofereceu comida em um momento de extrema necessidade, ele decidiu levá-lo para a Lua em sinal de agradecimento. Dessa forma, a imagem do coelho seria visto por todos e por toda eternidade.

Os observadores mais atentos – Cleópatra e Abraham Lincoln entre eles – disseram ter visto um rosto humano na superfície da Lua. Certamente foi o mesmo que inspirou a famosa sequência do filme Viagem à Lua, do pioneiro cineasta George Meliés.

E tem até quem chegue a ver Elvis Presley, um par de mãos, uma árvore, mulheres, sapos, Jesus Cristo e um homem carregando lenha.

Mas não é preciso ir tão longe: para muita gente, brincar de identificar o coelho já é diversão suficiente.

Contra os mitos e as falsas crençasAo contrário do que muito se comenta, uma SuperLua não trará com ela o fim do mundo, nem causará um aumento na incidência de crimes.

Entre os muitos mitos que são repetidos, um dos mais comuns alega que esses fenômenos teriam algum efeito sobre os criminosos, que ficariam mais vorazes nas noites de Lua Cheia.

Mas os cientistas já descartaram a possibilidade de que o perigeu possa causar comportamentos estranhos, como a licantropia – a alucinação de que um ser humano poderia se transformar em um animal, como na lenda do lobisomem, ou ainda provocar desastres naturais de qualquer tipo.

Segundo o psicólogo Scott O. Lilienfeld, da Universidade de Emory, nos Estados Unidos, “não importa quão perto ou longe ela passe, a Lua não incita crimes, como sugere a crença popular”.

Autor do livro “50 Grandes Mitos da Psicologia Popular”, ele alerta que estudos sobre esse tipo de conexão encontraram “uma grande quantidade de nada”.

O especialista afirma que essa relação ocorre pela forma como as pessoas conectam as ideias.

“Quando há Lua Cheia e se comentem crimes, fazem esse tipo de relação. Quando não ocorre nada e ainda assim a Lua está cheia, não o fazem”.

Extraído de G1.

Arrecadação de livros infantis para serem doados em Três Rios

2016-11-doacao-de-livros-em-tres-rios-chamada

A campanha está no Facebook: www.facebook.com/events/1139877156096596

Ponte de arrecadação:
Shopping Olga Sola, na Marcel Castro Semi Joias, ao lado da Cia do Livro.

Através das redes sociais, as irmãs Caroline, Gabriela e Bruna Serpa Malta iniciaram uma campanha, nas últimas semanas, para a arrecadação de livros novos ou usados. Os títulos serão doados para escolas e creches de Três Rios, no mês de dezembro.

Segundo as organizadoras da iniciativa, o movimento é um estímulo às crianças para a leitura familiar. “Tem lugar que vende livro a apenas R$0,99. Peço apenas para quem se comprometer não deixar os alunos na mão. Pois é muito triste ver o colega ganhar e não receber”, explica uma das organizadoras. A ideia é conseguir uma quantidade grande de livros, para que todas as turmas de educação infantil das instituições públicas sejam adotadas. As doações serão feitas de forma decrescentes, do 3º ao 1º ano da educação infantil, e caso as doações ultrapassem o número de alunos, as organizadoras sortearão a biblioteca de uma escola para doar os livros.

A meta da organização é atingir a marca de mil livros, entre eles, contos, gibis, histórias, que farão a alegria de crianças carentes do município. As doações serão recebidas até o dia 7 de dezembro, na loja Marcele Castro Semi Jóias, no shopping Olga Sola, parceira da iniciativa. Podem ser doados livros novos e usados, porém, em bom estado de conservação.

Atualmente o Brasil tem apenas 56% da população de leitores. É o que apontou uma pesquisa realizada pelo Ibope, e encomendada pelo Instituto Pró-Livro, entidade mantida pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel), Câmara Brasileira do Livro (CBL) e Associação Brasileira de Editores de Livros Escolares (Abrelivros), a pesquisa ouviu 5.012 pessoas, alfabetizadas ou não, mesma amostra da pesquisa passada. Isso representa, segundo o Ibope, 93% da população brasileira.

Para essa pesquisa, é leitor quem leu, inteiro ou em partes, pelo menos 1 livro nos últimos 3 meses. Já o não leitor é aquele que declarou não ter lido nenhum livro nos últimos 3 meses, mesmo que tenha lido nos últimos 12 meses. O livro mais lido é a Bíblia, em qualquer nível de escolaridade, que aparece em todas as listas citadas pelos leitores.

Extraído de Entre-Rios Jornal

Rosimar (Associação Luz do Amanhecer), receberá homenagem na Câmara de Três Rios

2016-11-rosimar-luz-do-amanhecer-tres-rios

Como nos anos anteriores, a Câmara de Vereadores de Três Rios prestará, no dia 14 de dezembro, várias  homenagens a personalidades da sociedade trirriense. A festa faz parte das comemorações do aniversário de emancipação político-administrativa do município, e este ano uma das homenageadas será Rosimar Reis, presidente da Associação Luz do Amanhecer. Ela receberá a Medalha Condessa do Rio Novo, em reconhecimento ao trabalho que vem desenvolvendo junto à entidade, que cuida dos portadores de paralisia cerebral.

Fundada há 8 anos,  a Luz do Amanhecer presta assistência, atualmente, a 15 portadores de paralisia cerebral, com idades entre 4 e 24 anos. Contando com a ajuda de voluntários, são desenvolvidas atividades físicas e recreativas,   na sede localizada na casa número 3 do Sítio Vasconcelos, na rua que dá acesso ao Cemitério São José. Para manter o funcionamento da entidade, Rosimar (na foto com o filho, Renan) e sua diretoria contam com a colaboração de sócios que fazem contribuições mensais em dinheiro,  além  de empresários e voluntários, com a doação de alimentos, fraldas descartáveis,  roupas, calçados   e outros objetos para a realização de bazares,  bingos e outras promoções. As visitas à Associação podem ser agendadas ´pelo telefone 2255-3280.

“Um trabalho que dispensa qualquer justificativa. De uma situação particular, a Rosimar transformou num desafio e hoje ajuda muitas mães na cidade. As crianças são estimuladas de forma eficaz. Um espaço que existe há oito anos, não há lugar para indiferença, preconceito, promove o amor, dedicação, competência, união, trabalho em equipe e uma verdadeira inclusão”, afirmou o  presidente da Câmara de Vereadores de Três Rios, Joacir Barbaglio Pereira, Joa, ao falar sobre a homenagem que será prestada à Rosimar Reis.

Extraído de TR Revista

Evento “Zumbi Vive em Mim” no Grupo dos 13 em Três Rios

2016-11-zumbi-vive-em-mim-tres-rios

DATA: 20/11/2016
HORARIO: 08h
LOCAL: GRUPO DOS 13

20 de novembro, o dia do assassinato de Zumbi dos Palmares, ocasião em que diversas manifestações são realizadas em várias cidades e estados para combater a discriminação e a hostilidade direcionada à população negra, seus costumes e suas crenças. A data 20 de novembro expressa todo o acúmulo das lutas libertárias do povo negro e de seus descendentes no Brasil, dia marcado pelo assassinato de Zumbi dos Palmares, primeiro herói negro reconhecido oficialmente no Brasil.

Há séculos o povo negro o reconhece como referencial de lutas contra as exclusões históricas, o racismo e principalmente a intolerância religiosa. A proposta das atividades em comemoração ao dia da Consciência Negra, é combater a prática de se apresentar as crenças e os costumes do povo negro como algo “do não humano e do não cultural, como se o “outro”, o “estranho” ou o “exótico” fôssemos nós – 51% da população desse país!” Então surgiu a ideia de promover um grande encontro entre os povos de terreiro, comunidades culturais, educadores, estudantes bem como toda a sociedade da região para que, juntos, possam se articular, se organizar e compreender a importância da união e do diálogo de saberes como uma grande estratégia para o combate à discriminação;

REALIZAÇÃO: COMUNIDADE DE TERREIRO DE TRÊS RIOS E REGIÃO. COORDENADOR: ERIC ASSUMPÇÃO SACERDOTE JUREMEIRO E CONSELHEIRO MUNICIPAL DE CULTURA DO SEGMENTO AFROBRASILEIRO

Dia Nacional da Cultura em Três Rios

Sábado, dia 05 de novembro, de 11h às 12h, vai ter programação especial pelo Dia Nacional de Cultura nas 10 regiões/cidades fluminenses! Esta será a primeira atividade integrada da Secretaria de Estado de Cultura e do Conselho Estadual de Política Cultural em Três Rios . O Evento acontece na Praça São Sebastião. Evento aberto a todas as manifestações culturais. Participe CULTURA É DIREITO, CULTURA É CIDADANIA!

Informação: CASA DA CULTURA TEL 2255 1729
Apoio SECRETARIA DE CULTURA E TURISMO
Realização CONSELHO MUNICIPAL DE POLITICA CULTURAL

Evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/1176623722428922/?active_tab=discussion

2016-11-dia-nacional-da-cultura

In addition to this, a 24 hour time telling display is provided by the replica watches uk of Arabic numerals. In order to ensure day-to-day wearability, it is equipped with a silver-tone mesh band, which features a replica watches sale over clasp with safety closure. Easily adjustable mesh band, handy date calendar that rests at the six o'clock position and a 24 hour dial with golden trim are some of the additional features of this elegant rolex replica. The 355XLSSB is another popular wristwatch design from the house of Skagen. This elegant watch features a thin steel 40mm broad case along with a replica watches sale good-looking steel mesh bracelet. Even though the replica watches uk is only available in the upper-medium range, the bezel design makes it look like a replica watches sale large one when you wear it on your wrist. It also features a nice circular display of Arabic numerals and gold-tone needle-shaped watch hands.